2. Anatomia, histologia e a fisiologia do colo uterino

Translated by Álvaro Piazzetta Pinto

O colo uterino é o estreito segmento inferior do útero, o qual se projeta para a cavidade vaginal. Trata-se de um órgão fibromuscular revestido por uma membrana mucosa que mede aproximadamente 3cm em comprimento e 2,5cm em diâmetro. O colo uterino é contínuo em suas margens superiores com o corpo do útero e em suas margens inferiores com a vagina.

 

O colo uterino pode ser dividido em regiões anatomicamente distintas

  • A ectocervix é a parte externa do colo uterino que se projeta para dentro da cavidade vaginal. A ectocervix tem aproximadamente o tamanho de uma noz, sendo arredondada e convexa, coberta por um epitélio escamoso estratificado não keratinizado sensível a hormônios.
  • O canal endocervical é o lúmen que atravessa o colo uterino conectando a cavidade uterina ao lumen da vagina. A abertura do canal cervical para a cavidade vaginal é conhecida como orifício cervical externo e a abertura para a cavidade uterina é conhecida como orificio cervical interno.
  • A endocervix é o tecido que envolve o canal endocervical. A endocervix é revestida por epitélio glandular simples, o qual projeta criptas ramificadas para dentro do estroma endocervical até uma profundidade de aproximadamente 0,5 -1,0cm.
  • A junção escamo-colunar (JEC) é o local onde o epitélio ectocervical encontra o epitélio endocervical. Essa junção é caracterizada por uma abrupta mudança de células escamosas estratificadas não queratinizadas para epitélio colunar simples, é visível colposcopicamente e pode ser demonstrada histologicamente.
  • A localização da JEC varia durante a vida da mulher devido à eversão do epitélio colunar após a puberdade e durante a gravidez seguida por metaplasia das células basais de reserva para epitélio escamoso imaturo. A JEC recua para dentro do canal endocervical após a menopausa.
  • A zona de transformação (ZT) é o nome dado à área da cérvix que compreende o epitélio que sofreu metaplasia escamosa. É a área de metaplasia escamosa entre a junção escamo-colunar original e a junção escamo-colunar após a metaplasia. Caracteriza-se pelo epitélio escamoso imaturo sob o qual criptas endocervicais podem ser vistas na histologia. Este é o local onde a maioria das abnormalidades podem surgir.
 
X