Quatro grandes apresentações da HSIL

É uma boa prática conhecer as variadas apresentações da HSIL.

  • Queratinizante;
  • Células grandes não queratinizantes;
  • HSIL em metaplasia escamosa imatura;
  • Discariose grave de pequenas células;
  • HSIL em amostras atróficas

 

Queratinizante

Apresentação

Pode haver abundância de material na preparação citológica devido à natureza madura desta displasia. As células aparecem como grupamentos cheios de núcleos, núcleos sobrepostos com células isoladas dissociando-se dos grupos. Nas preparações de LBC a dissociação é mais evidente devido à natureza mecânica da preparação.

A diátese tumoral está ausente, embora às vezes as células possam sugerir carcinoma invasivo, que é um importante diagnóstico diferencial: a diátese tumoral, hemorragia e fragmentos de tecido devem ser procurados.

Por outro lado, a infecção pelo HPV pode ser sugerida por paraqueratose e discariose, tornando este tipo de SIL difícil de classificar (Faquin et al., 2001); A relação N/C pode não ser tão alta quanto esperada na HSIL.

 

Núcleo

Os núcleos da HSIL queratinizante são frequentemente picnóticos e hipercromáticos, quase pretos. Algumas das células terão uma relação N/C elevada, mas noutras pode ser inferior ao esperado para HSIL. Se a cromatina estiver visível, será grosseira e irregularmente distribuída, permitindo o diagnóstico da HSIL.

 

Citoplasma

Como a lesão é queratinizante, o citoplasma será denso e refráctil. O citoplasma é geralmente eosinofílico ou orangiofílico, mas às vezes pode ser cianofílico.

 

HSIL de grandes células não queratinizante

Apresentação

Existe geralmente uma abundância de material na preparação citológica. As células anormais serão apresentadas em grupos, em folhetos e células isoladas. Os grupos e lençóis celulares podem apresentar sobreposição e desorganização da arquitetura por perda da polaridade. As células isoladas estarão dissociadas dos grupos e lencóis.

 

Núcleo

Os núcleos mostrarão variação de tamanho e forma, mas a forma é geralmente redonda a oval. Moldagem de núcleos pode ser uma característica nesta forma de HSIL. As bordas nucleares irregulares podem ser apreciadas nas células individuais dissociadas. Embora eles nunca devem ser usados ​​para fazer um diagnóstico definitivo, uma outra caracteristica são núcleos nús anormais.

A cromatina, neste caso, é variável, pois há variações na apresentação.

  • Núcleos podem ser hipocromáticos com cromatina suave;
  • Os núcleos podem ser normocromáticos com uma cromatina finamente granular mas irregular;
  • Os núcleos podem ser hipercromáticos com cromatina granular, grosseira e irregular.

 

Citoplasma

O citoplasma é delicado (e pode haver núcleos nus) com bordas celulares indistintas. Pode ser difícil às vezes decidir se as são de origem células escamosas ou glandulares. O citoplasma é basófilo ou quase incolor.

 

Relação núcleo / citoplasma

Em vista das margens citoplasmáticas mal definidas e do citoplasma delicado, a relação N/C pode ser difícil de avaliar. O diagnóstico é feito sobre o padrão anormal da cromatina e as membranas nucleares irregulares (discariose) e o arranjo desordenado das células.

 

Figura 9c-13

HSIL mostrando discariose de células grandes pálidas. Observe a distribuição aleatória de células anormais, anisocitose e citólise tornando a relação N/C impossível de avaliar.

 

 

HSIL em metaplasia escamosa imatura

HSIL que é derivado da metaplasia imatura envolve tipicamente o ZT do colo. Assim, pode ser difícil interpretar quando a metaplasia permanece imatura (ver também ASC-H abaixo). [Ver Capítulo 4-Patogênese do câncer cervical].

Apresentação

Estas células normalmente apresentam-se como células isoladas em oposição às células metaplásicas imaturas, que são geralmente em pequenos folhetos. Uma característica muito importante dessas células é que na citologia convencional elas podem ser vistas presas em traços de muco, o que às vezes pode ser útil na busca de células mais anormais. As células variam em tamanho e forma, uma característica de sua natureza anormal. Esta lesão pode ser vista coexistindo com outras apresentações de HSIL.

 

Núcleo

A relação N/C de uma célula escamosa normal imatura é superior à de uma célula intermédia e pode aproximar-se de 50%. O diagnóstico de HSIL depende do padrão anormal da cromatina e das membranas nucleares. As membranas nucleares são irregulares e podem ser recortadas; Os núcleos são pleomórficos com grande variação de tamanho entre as células anormais; A cromatina é geralmente hipercromática e grosseiramente granular.

 

Citoplasma

O citoplasma é espesso, mas não refráctil, com bordas celulares bem definidas. Vacúolos podem estar presentes. A relação N/C deve ser considerada em comparação com a das células metaplásticas imaturas normais, mas é provável que seja superior a 50% na HSIL

 

Figure 9c-14 (a-b). HSIL em metaplasia imatura

(a) HSIL em metaplasla imatura mostrando o padrão anormal da cromatina, citoplasma apagado e maior relação N/C do que visto em 
(b), que mostra células  tipicas de metaplasia escamosa imatura para comparação. Estas imagens mostram a distinção particularmente clara e foram reproduzidas a partir de Nayar & Wilbur (2014).

 

 

Discariose grave de pequenas células

Apresentação

Esta é uma apresentação rara e bem reconhecida de HSIL em NIC3, embora se deva lembrar que os núcleos em HSIL são geralmente menores do que LSIL. Em discariose grave da pequenas células os núcleos podem ser pouco maiores do que os linfócitos, polimorfos ou os núcleos intermediários normais de células escamosas. Existe geralmente um material abundante na preparação citológica e as células anormais podem estar em grupos hipercromáticos ou em células isoladas. Os grupos podem estar sobrepostos sem definição das bordas citoplasmáticas celulares. Os núcleos mostrarão uma perda de polaridade. Este tipo de HSIL é visto em NIC3, em vez de NIC2, e é quase nunca associa-se com LSIL ou NIC2.

A discariose grave de pequenas células pode apresentar sinais de diferenciação neuroendócrina, caso em que as células serão maiores, ovais em vez de redondas e podem mostrar moldagem nuclear em grupos de células coesas.

 

Núcleo

Os núcleos são geralmente redondos e de tamanho e forma semelhantes em cada caso. Geralmente são hipercromáticos com uma distribuição relativamente uniforme da cromatina. A cromatina varia de fina a grosseiro e pode ser pálida ao invés de hipercromática como explicado por Smith e Turnbull (1997). As irregularidades e entalhes da membrana nuclear são frequentemente vistos.

 

Citoplasma

Devido à falta de maturação a relação N/C pode aproximar-se a 100% e será maior do que as células metaplásticas imaturas ou parabasais. O citoplasma pode ser imperceptível; Quando visível, será basófilo.

 

Diagnóstico diferencial

O diagnóstico diferencial de discariose de pequenas células consiste em entidades não malignas, como cervicite folicular, células endometriais e metaplasia escamosa imatura. [Ver Capítulo 10 - Dificuldades]. Uma vez reconhecido como HSIL, é provável que seja relatado como discariose de alto grau (grave) e não pode ser confundido com LSIL.

O diagnóstico diferencial inclui carcinoma neuroendócrino de pequenas células, o que pode ser sugerido pelo maior tamanho celular, granularidade grosseira e moldagem de núcleos ovais, e a presença frequente de diátese tumoral, sangue e mitoses.

 

Figure 9c-15. Discariose grave de pequena células (HSIL favorecendo NIC3).

(a) Os núcleos são pouco maiores do que os de células intermediárias ou de neutrófilos polimorfos; A relação N/C está bem acima de 50% (ampliação x100). 
(b) Discariose de pequenas células (ampliação x50) reproduzida a partir de Smith & Turnbull 1997).

 

HSIL em amostras pós-menopausa

As amostras atróficas são intrinsecamente difíceis porque o padrão atrófico é composto de lençóis de células parabasais hipercromáticas com uma elevada relação N/C num fundo de inflamação e autólise. Todas essas características são vistas no HSIL.

Deve ser dada atenção as amostras com uma população de células isoladas, que deve se destacar do padrão atrófico uniforme. A HSIL mostrará as características da discariose: cromatina irregular, anisocitose e membranas nucleares irregulares. Na presença de vaginite atrófica, quando as células normais podem ser alargadas e um tanto atípicas, um curto curso de estrogênio tópico deve ser recomendado. A triagem de HPV pode ser útil nesta situação.

 

X