• Garantia de Qualidade (GQ) e Controle de Qualidade (CQ) do processo de rastreio do colo do útero

Protocolos de controle de qualidade (CQ) e garantia de qualidade (GQ)

  •  Um teste de patologia que rastreia toda uma população saudável para encontrar os poucos com a doença deve ter claramente protocolos de GQ e CQ definido, a fim de tornar-se um teste de triagem aceitável e viável.
  • Os mesmos protocolos são necessários para citologia como um teste de triagem, ou com o teste de HPV como triagem primária.

 

Evitando falso- negativos e falso- positivos

  • Embora evitar testes falso- negativos seja a preocupação mais óbvia, evitaar investigação desnecessária e tratamento é igualmente importante.
  •  Deficiências no controle de qualidade de citologia foram identificados no capítulo anterior como fatores que limitam a eficácia do rastreio, o que reforça a importância do presente capítulo.

 

Coleta, preparação e processamento da amostra celular

  • Além de precisão no rastreamento e relatórios da amostra citológica, devem ser colhidas amostras do colo do útero com cuidado, e o esfregaço preparado e processado corretamente.
  • Se qualquer um desses processos falhar, a integridade do teste perde-se.

 

Testes adicionais no processo de triagem

  • Testes de HPV, colposcopia e histopatologia devem ser realizados com os padrões aceitáveis em locais credenciados (Cubie & Cuschieri 2013; Jordan et al 2008;. 2009).
  • CQ e GQ destes procedimentos está além do escopo deste módulo de ensino, mas a precisão e limitações desses procedimentos tem de ser levado em conta quando se considera a citologia no contexto do trabalho em equipe multidisciplinar.

 

Acompanhamento do resultado de citologia

  • Acompanhamento de citologias e resultados de exames repetidos, colposcopia e histopatologia estão incluídos nas atividades de um laboratório de citologia.
  • Os mecanismos devem estar disponíveis  e assegurar que a ação apropriada foi realizada em resultados de citologias anormais

 

  • Garantia de qualidade é responsabilidade de todos no laboratório
  • Compreender as áreas do processo em risco de erro ajuda a evitá-los.

 

Os princípios abordados neste capítulo estão de acordo com as orientações européias para a garantia da qualidade: recomendações para os laboratórios de citologia (Wiener et al 2007).

Os guidelines completos , estão disponíveis na segunda edição(Arbyn et al 2008)  e disponíveis on-line em  http://screening.iarc.fr/doc/ND7007117ENC_002.pdf

 

  • Este capítulo trata de garantia de qualidade laboratorial e controle de qualidade no rastreio do câncer do colo do útero, com ou sem o teste de HPV
  • Todas as etapas do processo de rastreamento afeta sua qualidade: coleta das amostras, citologia, testes de HPV, colposcopia, histopatologia, tratamento, acompanhamento e monitoramento dos resultados e evolução
  • Os princípios deste capítulo são concernentes aos guidelines Europeus para a garantia da qualidade: recomendações para os laboratórios de citologia
  • Todos  no laboratório tem a responsabilidade pela garantia da qualidade e compreender os  processos,riscos de erros e  ajudar  a evitá-los

 

Rastreio citológico acurado depende de três processos, cada um dos quais é potencialmente sujeito a erro e requer treinamento, controle de qualidade e garantia de qualidade:

  • Coleta, preparação e fixação da amostra celular
  • Processamento da amostra no laboratório
  • Rastreio e relato citológico
X