Diretrizes para descrição de citologia negativa

Negativo para lesão intra-epitelial ou malignidade

O Sistema Bethesda une a prévia categoria de “normal e alterações benignas” em uma única categoria “negativo”.As diretrizes para a Europa apoiam esta decisão (Arbyn et al. 2008; Herbert et al. 2007). 

 

Alterações benignas que não necessitam ser relatadas no laudo se negativo

  • Padrões hormonais (pós-parto ou atrófico)
  • Alteraçõesreparativas
  • Hiperplasiamicroglandular
  • Metaplasia tubária
  • Amostra do segmentouterino inferior
  • Alteraçõesporradiação
  • Alterações por inflamação ou presença do dispositivo intrauterino
  • Alterações benignas ocasionalmente vistas após histerectomia
  • Células endometriais em mulheres com menos de 40 anos de idade

“Mesmo que estas alterações sejam identificadas não precisam ser necessariamente descritas” (Arbyn et al. 2008; Herbert et al. 2007). Deve-se observar que  alguns destes padrões têm o risco de levarem a laudos falsos positivos

 

Organismos que podem ser mencionados em um laudo negativo

  • Trichomomasvaginalis
  • Candida
  • Actinomyces (micro-organismos semelhantes a)
  • Herpesvirus (célulasmultinucleadas).

Estes micro-organismos podem ser relatados porque tem relevãncia clínica, mas não são relacionados a lesões intra-epiteliais.

X